segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Cruzeiro Esporte Clube

O atual vice-campeão brasileiro apresentou nesta segunda-feira um novo patrocinador para a temporada 2011.

O time teve vários nomes estampados em sua camisa no ano passado, mas não necessariamente todos ao mesmo tempo. Banco BMG, Ricardo Eletro, Questão de Estilo, Avanço e Neo Química foram as principais marcas que investiram na Raposa.

Entre todas essas empresas, apenas o Banco BMG segue colocando dinheiro na equipe azul de Belo Horizonte. A novidade fica por conta do site Netshoes (que dispensa apresentação para nós, colecionadores de camisas).


Como é possível observar, a logomarca ficará exposta nas mangas das camisas de jogo, no lugar da Ricardo Eletro. Em tempo: este modelo só será usado até a 2ª quinzena de Fevereiro - quando será lançada a nova coleção (que segue assinada pela Reebok).

Curiosidades

O time foi fundado em 2 de janeiro de 1921, com o nome de Societá Sportiva Palestra Itália. Em virtude da entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, em 1942, um decreto-lei do Governo Federal proibiu o uso de termos relacionados às nações inimigas. Assim, o time passou a se chamar Palestra Mineiro. Ainda em 1942, sócios e dirigentes se reuniram e, inspirados na constelação do Cruzeiro do Sul, decidiram adotar o nome Cruzeiro Esporte Clube.

Os principais títulos são: Copa Libertadores (1976 e 1997), Supercopa (1991, 1992), Campeonato Brasileiro (2003), Taça Brasil (1966) e Copa do Brasil (1993, 1996, 2000 e 2003).

A Raposa, mascote da equipe, foi criada pelo chargista Fernando Pieruccetti - mais conhecido como Mangabeira - em 1945. O ex-presidente celeste Mário Grosso, conhecido pela esperteza e astúcia no comando dos negócios do Clube, foi a inspiração.

O Cruzeiro começou a chamar a atenção do Mundo em 1966, quando conquistou a Taça Brasil (recentemente oficializado pela CBF como Campeonato Brasileiro) sobre o Santos, de Pelé e cia. Foram duas vitórias históricas: 6 a 2 no Mineirão (30/11/66) e 3 a 2 no Pacaembu (07/12/66).

Segundo a Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), o Cruzeiro foi o melhor time brasileiro no Século XX.

7 comentários:

Juliana Camisa 10 disse...

Eu gostei do novo patrocínio que estampará a manga. Bem mais discreto que o outro do ano passado.
Parabéns pelo Blog!!
Grande Abraço...

Anônimo disse...

De novo essa merda laranja no meio da camisa... pqp... Como o América consegue deixar a marca branca e na do maior de Minas fica assim? Mais um ano sem comprar camisa...

Anônimo disse...

Maior de minas? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

é claro anônimo , vai falar que o maior de Minas é Galin raquídico , q só tem Mineiro e uma série B ? Pense antes de falar meu fi.

웃 Lu Silva 웃 disse...

Fábio pra ser sincera gostei da nova camisa. Agora vou comprar minha camisa azul ou branca. Ano passado cobrei apenas a amarela, linda, visto que a logo da Ricardo Eletro era horrível!


Fabio fiquei super contente com o seu blog. Estou seguindo!

Abraços

Muzhik disse...

Faltou dizer q:
Entre os nomes Palestra e Cruzeiro o Cruzeiro tb se chamou Ypiranga embora tenha sido por pouco tempo!
E o azul da camisa é por causa da 'Azurra', a seleção italiana pelo menos egundo um dos 'Perrela'
E já q falamos de patrocínio embora tenhamos q ter o maior respeito pelas origens italianas dos fundadores do clube (gente aliás esquecida q quase ninguém sabe os seus nomes)mas a verdade é q do ponto de vista dos patrocínios dá até mais vergonha dizer q o Cruzeiro é meio italiano do q orgulho já q nunca surgiu nenhuma empresa disposto a patrociná-lo,patrocínio de verdade digo,e quando surge algum como o daquela empresa de carros de Betim é pq ela resolveu patrocinar ao mesmo temo 'trocentos outros clubes'. Já as Palmeiras (o correto é assim mesmo feminino e no plural) de São Paulo podem até cair para a 3ª, 4ª, 10ª divisão se houvesse q não faltam bons patrocínios de empresas q vieram da Itália. Até o Juventude de Caxias do Sul já teve um grande patrocínio de uma empresa de leite italiana e olha q Minas tem a metade da quantidade de descendentes de italianos q tem o Rio Grande do Sul. Os patrocínios do governo federal são tb outro caso de discriminação contra os times mineiros com o Flamengo tendo sido beneficiado por anos pela Petrobras, o Botafogo q teve por algum tempo a Liquigas q tb é da Petrobras enquanto ainda temos hoje em dia o Vasco com a Eletrobras!

Camisaria F. C. disse...

Respondendo ao internauta "anônimo" que perguntou sobre a cor laranja usada pelo Banco BMG:

É dado à todos os clubes patrocinados por esta instituição financeira o direito de escolher a cor que será usada para estampar a logomarca, porém o valor a ser investido pelo banco é diferente. Por exemplo: é possível usar o branco, mas assim o patrocínio será menor. Entendeu? Ganha mais quem usa a logomarca sem alterações.

Um abraço e obrigado pela visita!

Fábio Pinel

Postar um comentário

AddThis Smart Layers

Contato

camisariafutebolclube@hotmail.com